pt Portuguese

Blog Solution

Como evitar dores de cabeça na hora de pagar comissões

- 2 min leitura

Alcançar as metas estabelecidas nem sempre é uma tarefa fácil para o departamento de vendas. Para motivar a equipe as empresas contam com uma ajuda importante: o pagamento de comissões.

Estes valores, pagos de acordo com o desempenho de cada funcionário ou divididos em partes iguais pela equipe, ajudam a impulsionar as vendas, pois, na medida em que o desempenho do funcionário melhora, o lucro aumenta e o nome da empresa ganha mais força no mercado.

Trata-se de um processo que começa pequeno, mas que pode trazer inúmeros benefícios às organizações.

No entanto, essa forma de reconhecimento é famosa por causar dores de cabeça à equipe. Aqui nós separamos algumas dicas que podem ajudar a evitar problemas muito comuns para quem trabalha com comissões.

Seja realista

Não proponha metas inalcançáveis para os vendedores. É importante que as metas sejam desafiadoras, que estimulem a competitividade e superação, mas expectativas irreais podem gerar profissionais insatisfeitos e conseqüente queda nos resultados.

Segmente as comissões

Se sua empresa comercializa produtos diferente com aceitações diferentes no mercado, deve-se tomar cuidado na hora de definir o pagamento das comissões, pois, se um produto possui uma aceitação muito maior que os outros, é natural que ele venda mais e por consequencia gere mais comissões ao vendedor responsável. Isso pode acabar desmotivando o restante da equipe, gerando insatisfação.

Defina a forma de cálculo

É importante que esta questão esteja bem alinhada entre a empresa e o colaborador. Geralmente existem duas formas de cálculo: em cima do valor da parcela ou sobre o valor total da nota. No primeiro caso o colaborador receberá o valor da comissão conforme as parcelas forem sendo pagas pelo cliente, no segundo caso, o valor total é pago na emissão da nota fiscal.

Inove sempre

Como forma de manter o quadro de funcionários sempre motivado, uma boa dica é, na medida em que as vendas forem crescendo, aumentar o percentual das comissões ou agregar novos itens a hora de calcular o percentual de comissão individual. Exemplo: 2% sobre o valor da venda como comissão para o produto A e 3% para o produto B, 3% de comissão quando o cliente paga à vista e 2% quando o pagamento é a prazo.

Não faça isso sozinho

Para que as comissões cumpram a sua função de fator motivador da equipe, os pagamentos devem funcionar de forma alinhada e para isso é preciso que os cálculos sejam feitos com cuidado e exatidão. Controlar o que cada vendedor comercializou em um período de tempo para chegar ao valor da comissão de cada colaborador, é uma tarefa que exige tempo, energia e muito cuidado. Afinal, ninguém quer se indispor com funcionários por conta de divergência no controle de pagamento das comissões. É importante que estes valores sejam pagos de forma simples, rápida e confiável.

Por isso, ter um sistema que facilite esse pagamento é ter mais praticidade, precisão na hora de calcular os valores e segurança. Tudo fica registrado o que possibilita ainda um controle melhor das saídas financeiras do seu negócio.

A Solution trabalha com um software integrado de gestão (ERP) que realiza o cálculo automático dos percentuais e valores das comissões ligadas às vendas de produtos ou prestação de serviços.

Com ele é possível escolher a fórmula que se pretende utilizar para chegar aos valores que devem ser pagos. Além disso, é possível veicular as informações de origem do produto ou serviço. A partir disso, um relatório com todos os valores a serem pagos é gerado. Esse sistema proporciona maior assertividade nos cálculos e minimiza os riscos trabalhistas.

Ficou interessado? Entre em contato com um de nossos consultores através do e-mail:solution@gestaosolution.com.br.

Deixe um comentario