pt Portuguese

Blog Solution

Gestão de mudanças: como adotar novos posicionamentos internos para atingir o sucesso

- 2 min leitura

 

Você já ouviu falar em gestão de mudanças?

As empresas costumam criar novas formas e projetos que melhoram o desempenho  do time e por consequência os resultados. Nesse processo, podem surgir novas ferramentas de trabalho mais tecnológicas, novas estruturas organizacionais ou novas funções a serem realizadas dentro do trabalho.

E quando tudo isso acontece, é preciso que o colaborador se adeque ao novo modelo de trabalho. No entanto, se essas mudanças não forem absorvidas por quem realmente interessa – o colaborador – o resultado nunca será como esperado e os objetivos dificilmente serão alcançados.

Mas o que essa gestão realmente representa?

É através dessa gestão que o gestor consegue preparar e apoiar os colaboradores de uma organização para que eles possam assimilar melhor as mudanças dentro da empresa. Para isso, existem diversas ações que diminuem o impacto das mudanças nos negócios. A gestão de mudanças é uma ponte entre o estado atual de uma organização, ou estágio futuro e adequado às mudanças.

E como ela funciona?

É preciso manter o alinhamento organizacional. Para tanto, é necessário entender os níveis de mudança que uma empresa pode ter.

– Mudança de recursos: novas tecnologias, novo espaço físico, maquinários;

– Mudança de identidade: nova visão estratégica, mudança de produtos, novo posicionamento no mercado, novos gestores;

– Mudança de relações: mudança no relacionamento organizacional, resultados de pesquisas de comportamento;

– Mudança de processos: layout, informações, ciclos produtivos, etc.


A rejeição ou a descrença na mudança são alguns dos principais motivos do não-sucesso de novos projetos. Por conta disso, é preciso que os gestores tomem para si que o sucesso de uma mudança passa pela reorganização da cultura interna da empresa, tanto individualmente, quanto coletivamente. E, consequentemente, as transformações culturais também transformam pessoas e processos.


Pensando dessa forma, é preciso calcular os impactos no trabalho, nos processos, nas informações, e procurar sempre fortalecer os laços ao criar um ambiente de motivação, comprometimento, engajamento e segurança, para que desde o princípio o colaborador adote as mudanças como algo positivo para a empresa.


E por onde começar?

A mudança começa sempre com um bom planejamento e continua com um bom gerenciamento.

Nesse sentido, os questionamentos de cada colaborador devem ser instigados, e  as respostas devem ser supridas. Questionamentos como “Qual o motivo da mudança?”, “Como mudar?” e outras sobre o grau de mudanças, devem ser avaliadas, discutidas e respondidas pelos gestores, para que o funcionário entenda a importância da mudança dentro da organização.

Lembre-se sempre:

Entenda que não há como evitar problemas organizacionais e até mesmo a rejeição e demora para a assimilação de um novo projeto por parte dos colaboradores. Mas que uma mudança, quando executada com transparência e planejamento, fortalece o processo a ponto de ser fácil superar possíveis dificuldades.

Na Solution utilizamos uma metodologia de ensino que incentiva os colaboradores a compartilharem seus conhecimentos. A didática dos consultores da empresa são capazes de realizar mudanças de processos internos e sistemas de cada cliente. Tudo isso de forma segura e com o mínimo de impacto na rotina.

 

Deixe um comentario