pt Portuguese

Blog Solution

Como aumentar as vendas através da Gestão de Estoque

- 4 min leitura

Você sabe como a Gestão de Estoque pode aumentar as vendas da sua empresa? 

O estoque é um dos setores mais importantes da empresa. Os seus produtos saem de lá direto para o cliente, por isso, entender como acontece o seu funcionamento ajuda a manter uma boa gestão de estoque.

Por que fazer uma Gestão de Estoque?

Pontos importantes que são analisados na Gestão de Estoque são orçamento, efetivação da venda, caixa, recebimento do pagamento e organização do estoque sobre o que foi vendido. Com eles é possível organizar melhor o setor, fazendo toda a diferença no seu negócio, inclusive influindo nas vendas.

Com a Gestão, pretende-se monitorar os produtos armazenados em estoque, a fim de obter os seguintes benefícios:

Controle da quantidade de entrada e saída

Saber o quanto entra e sai do estoque é fundamental para entender sobre o giro do mesmo. Com isso, é possível administrar preço e o melhor momento para compra. Essa é uma “previsão” importante para o controle do fluxo de caixa.

Decisões durante campanhas de vendas

Em uma campanha de vendas o estoque está cheio, pois tem o intuito de atender toda a demanda da ação. O desafio, nesses casos, é dimensionar de maneira correta a quantidade de produtos. Muitas vezes alguns não são vendidos e acabam acumulando, deixando recursos financeiros da empresa parados. Isso pode levar, inclusive, a perda de margem de lucro ou perda do próprio produto.

Conhecer cada produto

Com uma boa Gestão de Estoque, é possível saber pelo sistema, em tempo real, quais são os produtos que têm maior saída e quais são os que demoram mais tempo para serem vendidos. Com essas informações em mãos é possível formular estratégias para administrar cada situação. Outro ponto importante é compreender o produto que gera mais retorno financeiro para a empresa, para, entre outras estratégias, orientar os vendedores para que realizem vendas melhores. 

Mais agilidade

Ter um controle sobre o estoque possibilita ter mais agilidade para corrigir situações, tanto positivas quanto negativas. Com a alta competitividade do mercado, tendo cada vez mais concorrência, ser ágil e flexível permite resultados melhores. 

Um bom gerenciamento de estoque é capaz de dar mais segurança ao seu negócio pois:

– Significa que os prazos de entrega prometidos serão cumpridos;

– Aumenta a confiança dos clientes;

– Mantém fluxo de receita e, logo, aumenta seu faturamento;

– Diminui-se o risco de não ter os produtos procurados pelos clientes por causa de problemas com o fornecedor, como atraso na entrega ou até demandas que não foram previstas.

 

Além dos itens citados acima, que são alguns exemplos da importância do controle de estoque, também temos a possibilidade de tomar decisões muito mais rapidamente com o uso da tecnologia aliado às informações fornecidas. 

Para ter uma Gestão de Estoque, existem diversas possibilidades de métodos e tecnologias. Escolher o que melhor se encaixa na sua empresa é fundamental, principalmente para que o sistema seja realmente compatível com o seu negócio. Quando você compreende as necessidades, oportunidades e características da sua empresa, você consegue empregar métodos que realmente sejam eficazes. 

Nós preparamos um conteúdo especial com cinco ferramentas desenvolvidas para tornar a Gestão de Estoque um trabalho mais eficiente e lucrativo e que podem ser empregados dentro da sua empresa. Confira clicando aqui!

Com o sistema Solution, por exemplo, você tem acesso a alguns pontos importantes na gestão de armazém:

  1. Os itens mais importantes no total do faturamento e uma gestão mais próxima;
  2. A participação de cada item no faturamento total de peças;
  3. Sé há estoque suficiente desses itens relevantes, uma vez que não deverão faltar;
  4. Uma política de desconto menos agressiva para esses itens;
  5. Os itens mais caros e que merecem atenção especial;
  6. A adoção de estratégias diferenciadas de compra, estocagem e descarte;
  7. A constituição de pacotes para venda de outros itens, juntamente com os itens mais populares;
  8. Os itens parados;
  9. Os itens em processo de obsolescência;
  10. O valor investido nesses itens;
  11. Estratégias de antecipação e prevenção da obsolescência.

Para isso, utiliza-se a Lei de Pareto 80/20. Esse sistema faz o cruzamento de oito atributos que são representados por letras, números e caracteres expressados. Todos esses atributos têm influência em todos os processos da empresa, desde o controle do estoque até as ações de vendas.

Em outro post nós explicamos mais sobre os atributos utilizados com base na regra 80/20 para controle de estoque, clique aqui para acessar!

Com o nosso sistema o gestor consegue ter uma visão mais ampla de todo o estoque da empresa, seja ela de pequeno, médio ou grande porte. Devido ao controle maior, ele consegue ter em mãos informações importantes que podem ser levadas em consideração na tomada de decisão. 

Um exemplo é o ciclo de vida do produto e a sua depreciação. Se você sabe a “duração” de todos os produtos, por quanto tempo ele ainda pode ser comercializado com os valores atuais, poderá tomar decisões muito mais assertivas para a saúde do estoque e da empresa como um todo. Assim, diversas campanhas de vendas podem ser feitas e impulsionadas.

A gestão de estoque é um processo essencial para a otimização de resultados na rotina de uma empresa. Esse tipo de gestão cria métodos para driblar os obstáculos que ainda preocupam os gestores das empresas. Com boas estratégias, a empresa pode gerenciar a jornada de cada produto e acompanhar as necessidades do mercado.

Você ainda tem alguma dúvida sobre a Gestão de Estoque ou sobre o nosso ERP? Você pode entrar em contato com a equipe Solution, nós estamos disponíveis para conversar! Acesse a aba de contato clicando aqui.

Deixe um comentario