pt Portuguese

Blog Solution

Gestão de Riscos: a vantagem competitiva que a sua empresa precisa

- 4 min leitura

O que pode ameaçar o futuro da sua empresa?

Pensar em uma resposta para essa pergunta é fundamental para a saúde do seu negócio. Identificar, avaliar e, o mais importante, controlar as possíveis ameaças da organização é, sim, uma vantagem competitiva. 

É claro que dentro dessa grande esfera existem diversas questões que podem ser observadas, incluindo incertezas financeiras, responsabilidades legais, erros de gerenciamento, acidentes e até desastres naturais. 

Absolutamente todas as atividades desempenhadas pelo ser humano têm riscos, que dirá em uma empresa. Por isso, ter um bom plano de gestão de riscos para a organização significa ter inteligência de mercado.

Assim, quantificar e qualificar os riscos é uma forma de eliminar ou pelo menos reduzir as chances de perdas em todos os âmbitos. Além de que essa também é uma maneira de aproveitar ao máximo as oportunidades de ganhos. 

É sobre gestão de riscos que vamos falar nesse post, para você maximizar a gestão do seu negócio e saber reconhecer as oportunidades de mercado. No final, ainda vamos trazer um bônus sobre gestão de riscos, confira! 


Por que a gestão de riscos é tão importante

Já deu para perceber que implementar um plano de gestão de riscos é uma solução para evitar possíveis perdas futuras, não é?

Isso só acontece porque um bom plano, seguindo a regrinha de identificar, avaliar e controlar os riscos, auxilia a empresa a ter saídas para evitar ameaças que possam pôr a saúde organizacional em perigo. 

Ainda assim, é importante ressaltar que a gestão de riscos não garante que a empresa estará livre de problemas. Eles podem, sim, vir a acontecer, mas com um plano de gestão, as consequências deles podem ser minimizadas. 

Essa é uma estratégia que envolve ações preventivas, visando antecipar situações que podem oferecer risco. 

Mas, também podem incluir ações de forma prescritiva. Se esses problemas acontecerem, o gestor terá mais segurança para lidar com os resultados, pois já era algo que se tinha em pauta no plano de gestão de riscos. 

Nesses casos, o objetivo da gestão de riscos é estimular respostas mais rápidas às situações, melhorando a sua presença perante o mercado e diminuindo as perdas. 

Lembre-se que no mundo dos negócios, quanto mais a empresa demorar para se posicionar e reagir, maiores serão os danos. 

Ter mais segurança é muito necessário para que o gestor possa gerir a empresa da melhor forma possível. Ou seja, a capacidade de entender e controlar os riscos permite que ele se sinta mais confiante em relação às imprevisibilidades do futuro e às mudanças de cenário. 

É claro que nem tudo pode ser previsto, afinal, o futuro tem por principal característica ser incerto. Mas ter a mínima noção do que pode acontecer e de quais atitudes e decisões podem ser tomadas já é um princípio que instiga confiança. 


ISO 31000

Você já ouviu falar na ISO 31000?

Trata-se da Norma Internacional da Gestão de Risco! São um conjunto de princípios e diretrizes que ajudam empresas a fazerem análises e avaliações de risco. 

Seja uma empresa pública, privada ou comunitária, ela pode se beneficiar da ISO 31000. Com ela é possível aumentar a eficiência operacional, a governança e a confiança do negócio, minimizando as perdas.

Os princípios e diretrizes da ISO 31000 são: contexto; identificação; análise; avaliação; tratamento; e monitoramento. 

De maneira geral, todos esses pontos servem para que a empresa tenha um norte do que fazer. Primeiro é preciso entender o contexto organizacional e social. Depois, se faz necessário identificar quais são os riscos. 

A análise, a avaliação e o tratamento dos riscos serão as próximas etapas a serem cumpridas. E, por fim, o monitoramento dos riscos, para ter sempre ciência da possibilidade ou não deles ocorrerem. 

E, como sempre, esses princípios podem e devem ser adaptados à realidade da empresa. Avalie o que pode se encaixar no negócio.


Benefícios de implementar uma gestão de riscos

Por fim, vamos conhecer alguns dos benefícios de implementar uma gestão de riscos na sua empresa!


Redução de custos 

Esse é, com certeza, um dos primeiros que lembramos quando falamos em gestão de riscos. 

Isso porque, quando se tem noção do que pode acontecer, a empresa passa a economizar tempo, dinheiro, pessoas, infraestrutura e muito mais, melhorando a percepção de transparência para investidores. 


Melhoria de processos

Sim, melhora processos de governança corporativa e auditoria. Além disso, aumenta a eficiência operacional da empresa.


Diminuição de perdas

Não tem como deixar esse benefício de fora, afinal, é exatamente sobre ele que a gestão de riscos se trata.

Eliminar ou diminuir perdas é o grande objetivo dessa gestão, que atua de forma preventiva e prescritiva para manter a saúde das empresas o mais intacta possível, mesmo em situações de risco. 


Aumento da confiança

Um gestor que tem conhecimento de todas as possibilidades de riscos tem muito mais confiança e segurança para gerir a empresa. 

Além disso, o aumento da confiança também se dá a partir do momento em que a relação começa a ser mais transparente entre as partes interessadas, como investidores.

Assim, a marca consegue ampliar a sua rede, mostrando que se preocupa com o futuro e que tem um plano caso aconteça algo. 


Agora nós queremos saber: depois de todas essas informações, você vai implementar um plano de gestão de riscos na sua empresa?

Aproveitamos para te fazer um convite! Se você se interessa pelo mundo da gestão de negócios, confira mais conteúdos em nosso blog.

Por aqui nós falamos sobre o que é relevante para te deixar em vantagem competitiva, além de trazer novidades e tendências sobre o assunto!

Deixe um comentario