pt Portuguese

Blog Solution

Descubra o que é e como tornar a sua fazenda high tech

- 4 min leitura

Neste blog post você vai ficar por dentro do que significa uma fazenda high tech e como deixar a sua empresa mais próxima desse conceito!


Entendendo o conceito: o que é fazenda high tech

O conceito diz respeito a fazendas que têm o auxílio de tecnologias para melhorarem a qualidade de seus processos, otimizarem tempo e, consequentemente, alavancarem suas vendas. 

Destacamos alguns desses recursos que podem te ajudar a estar um passo à frente dos concorrentes, confira!


Monitores de desempenho

Trata-se, basicamente, de equipamentos que são capazes de ler e registrar dados e que ainda podem ser associados a máquinas da agroindústria, como plantadeiras e colheitadeiras.

Por meio desse acoplamento, os equipamentos conseguem mostrar o desempenho da máquina analisada, indicando, ainda, os possíveis ajustes necessários para que problemas sejam evitados. 

A principal vantagem dessa tecnologia é que ela funciona como uma medida preventiva que auxilia o gestor a evitar perdas que prejudiquem a fazenda. 

Nesse mesmo aspecto, também existem no mercado equipamentos que otimizam processos de plantação como correção de solo, plantio e pulverização da área. 

E não se engane ao achar que a tecnologia é uma completa novidade. Essa já é uma realidade em diversas fazendas, principalmente as que estão situadas na região centro-oeste do Brasil. 

Por lá, uma das principais tecnologias utilizadas trata-se de sensores para mapeamento de plantio, aplicação de defensivos e colheita das plantações. 


Big data 

Sim, se você acompanha as atualizações do blog da Solution, já deve saber que, por aqui, um dos nossos assuntos preferidos é big data. 

Não é à toa que trazemos conteúdos sobre a temática, afinal, olha ela aqui novamente aparecendo, dessa vez nas fazendas high tech.

De maneira geral, big data é um conjunto de grandes e complexos dados vindos de diversas fontes, mas especialmente das novas. 

Aplicando o conceito para o mundo do agronegócio, big data é uma espécie de dispositivo utilizado para levantamento de dados sobre a lavoura. Neles podem ser incluídas variadas questões, como limites da área de plantio ou amostras de solos. 

A grande diferença dessa tecnologia para o que nós já estamos acostumados é que essas informações passam por um processo de cruzamento com outras atualizações, ou seja, transformando dados em conhecimento. 

Com isso, a tomada de decisão de gestores e outros integrantes da equipe acaba sendo muito mais rápida e eficiente, pois pode ser baseada em dados concretos e informações relevantes para cada setor da fazenda. 

E as aplicações do big data podem variar de acordo com aquilo que você precisa em cada área da indústria. 

Assim, solo – com componentes nutritivos, produção de nitrogênio e tantas outras questões – e meteorologia – com as probabilidades de chuva, seca, granizo, etc – podem ser estudados e analisados, combinando informações e garantindo melhores resultados e reduzindo custos e gastos. 


Dispositivos móveis 

Pode até parecer que este item não deveria estar na lista de tecnologias das fazendas high tech, mas a verdade é que muitos ainda não estão completamente inseridos no mundo digital e nas facilidades que os dispositivos trazem. 

As empresas da cidade já aderiram por completo, mas no agronegócio, alguns seguem tendo todos os processos off-line. 

É claro que os dispositivos facilitam a comunicação dos usuários que estão em diferentes locais, mas você sabia que eles também agilizam o processo de tomada de decisões?

Sim, e para entender isso, é só mesclarmos tudo o que já falamos nesse texto. 

Tendo as informações geradas pelos monitores de desempenho e os mais variados dados do big data na palma da mão, o gestor pode acessá-los e fazer bom uso das análises de cada setor, tendo subsídios mais completos para poder decidir os próximos passos. 

A vantagem é que ele pode acessar o que quiser a qualquer hora e em qualquer lugar, sem se preocupar ou precisar se deslocar até algum local para obter essas informações. 

O resultado? Podemos resumir em melhora no produto final, ganho de produtividade e, principalmente, liberdade para o gestor!


Máquinas e equipamentos

Eles não poderiam ficar de fora da nossa lista, pois estamos falando de fazendas high tech que aproveitam o que as novas tecnologias têm a oferecer para trabalhar da melhor maneira possível. 

Portanto, este tópico é especialmente dedicado para falarmos sobre máquinas atualizadas. 

É muito comum vermos fazendas que acabam aproveitando o maquinário, mesmo quando ele já está um pouco defasado. Claro que essa é uma possibilidade, afinal, a empresa adquiriu a máquina e deve aproveitar o máximo possível.

Mas, às vezes o melhor caminho para se ter resultados positivos e alcançar novos horizontes é atualizar o maquinário. 

A engenharia mecânica e eletrônica vive em constante atualização, assim, ambas conseguem desenvolver máquinas cada vez melhores que permitam avanços nas execuções da lavoura.


Software ERP

Os softwares de gestão empresarial auxiliam, e muito, em diversos processos da empresa, principalmente aqueles que são especializados para o agronegócio. 

Eles vão ajudar a empresa a diminuir processos repetitivos que sejam manuais, vão ajudar a registrar as informações em um local de fácil acesso a todos os interessados, e facilitar a obtenção de informações relevantes para cada setor da empresa. 

Aqui na Solution você encontra conjuntos de soluções que são totalmente personalizáveis para a realidade da sua empresa, destacando os pontos que você deseja otimizar e melhorar.

Entre em contato com a nossa equipe, nós temos a solução completa para você!


Então, resumindo, a grande verdade é que essa lista acaba tendo itens que se complementam, pois juntos são capazes de alavancar a produção do agronegócio. 

Como um exemplo, pense dessa forma: o monitoramento da lavoura e a análise dos dados gerados pelos equipamentos vão ser determinantes para definir os ajustes necessários nas máquinas. 

E mais, esses são investimentos válidos para produtores de todos os tamanhos, não apenas para grandes empresas. 

E você, já está atualizando a sua empresa para ser high tech?

Deixe um comentario