pt Portuguese
Como podemos ajudar?
< Todos Tópicos

Cadastro de Código Base (2249)

Versão 10.005.001      

Para realizar o cadastro de um código base, acesse:

Módulo Estoque> Cadastros> Produtos> Cadastro de produtos base (rotina 2249). 

Cadastro de produto base - rotina 2249

Esse cadastro será a base para que posteriormente possamos cadastrar itens com controle de estoque especial.

Para iniciar um novo cadastro, clique no ícone de “+” e informe:

Inicio do cadastro do base
  • Produto: Informe o código a ser cadastrado. Este código servirá como base para um código individual, ou seja, o sistema irá unir o código base com o individual, separados por uma barra, totalizando no máximo 20 caracteres. Exemplo: Modelo123/456789.
  • Descrição: Neste campo deve ser inserida a descrição do base.
  • Bandeira: Este campo é opcional. Se sua empresa for uma concessionária, informe a bandeira que representa.
  • Mercadoria/Serviço: Selecione a opção “Mercadoria”.
  • Base para: Neste campo deve-se selecionar uma das opções:
    • Normal: Quando se tratar de itens com controle de estoque normal, exemplo: peças. Neste caso, deve-se realizar o cadastro diretamente pela rotina 1068, conforme visto anteriormente.
    • Individual: Quando se tratar de itens com controle especial, ou seja, são cadastros únicos, gerando controles e vínculos em diversos módulos e processos do ERP. Sua quantidade não poderá ser maior que 1. É importante salientar que os produtos individuais, irão seguir as configurações do base, por isso, deve-se possuir um código base para itens novos e itens usados.
    • Lote: Essa opção é utilizada para realizar vínculo com produtos que são vendidos por lote, como por exemplo, insumos e defensivos. Permitindo inclusive realizar o controle de saldo e data de validade de cada lote. A quantidade nesse caso pode ser maior que 1.
    • Agrupado: Essa opção deve ser escolhida quando houver a necessidade de cadastrar o mesmo item mais de uma vez no sistema, devido a origem da mercadoria, por exemplo, sofrer alterações. Dessa forma os produtos agrupados poderão ser analisados gerenciamento em relatórios como mapa de vendas em um único código base, totalizando as informações dos agrupados.
  • Marca / Modelo: Estes campos devem ser preenchidos para ter um controle preciso do plano de revisão das máquinas e implementos.
  • Tipo de mercadoria: Essa informação irá variar de acordo com o cadastro realizado.
    • Para itens com controle por lote, deve-se utilizar a opção “geral”.
    • Para o cadastro de máquinas da linha de construção, que não possuem vínculo com veículo, serão utilizados os tipos “guindaste”, “equipamento” e “motoniveladora”, por exemplo.
    • Já para os itens que deverão possuir cadastro de veículo com vínculo ao módulo oficina, deve-se escolher entre o tipo “trator”, “colheitadeira” ou “implemento”, de forma que na etapa do cadastro do veículo, serão disponibilizadas tipos mais específicos como por exemplo, plaina, plantadeira, pulverizador, entre outros.
  • Descrição adicional: Neste campo é possível inserir informações complementares ao cadastro do item, podendo ser utilizadas no cadastro de itens individuais, facilitando o seu preenchimento. Exemplo descrição do produto, número de série e chassi.
  • Flag “Atualiza estoque”: Esta flag deve permanecer habilitada quando se tratar de um item para revenda.
  • Flag “Produto usado”: Deve ser habilitada, caso esteja cadastrando um código base para cadastrar códigos individuais de produtos usados.

Importante! Essa configuração irá definir para o sistema que a tributação da nota de compra e de venda deste item, deverá ser tratada como produto usado. Se a flag não estiver marcada, o sistema irá entender que trata-se de um item novo.

  • Flag “Produto em demonstração“: Ao habilitar essa flag, será bloqueado o item para venda. Essa configuração poderá ser alterada posteriormente.

Aba “Dados adicionais”

Aba tributária  - cadastro código base

Nesta aba deverá ser preenchido obrigatoriamente os campos “Tipo SPED”, “procedência” e “unidade”.
Os campos “Departamento” e “Classificação” se preenchidos permitirão futuramente que a empresa possa realizar análises gerenciais com estas informações, tanto na compra quanto na venda, como por exemplo, percentual de participação de vendas e lucratividade.

Os campos “Peso bruto” e “Peso líquido”, se preenchidos, serão utilizados posteriormente para preenchimento automático dos itens individuais e durante as emissões de notas de saída.

Aba “Tributária”

Aba tributária  - cadastro código base

Nesta aba deverão ser inseridos os dados que definirão como o nosso produto deverá ser tributado.

Para isso, defina o tipo como “NCM” e informe a NCM da nota de compra no campo “classificação fiscal”.

Caso você não tenha a nota de compra, deverá questionar a equipe fiscal da empresa, ou o responsável por fornecer esta informação .

No campo “Origem” do produto, deverá ser informada a origem da fabricação do item.

Após preenchidos estes campos já podemos clicar no botão “SALVAR” e salvar nosso cadastro de código base.

Veja também:

Cadastro de Produtos (1068)

Cadastro de Código Alternativo

Cadastro de produto com controle de estoque especial (1006)

Cadastro de Produtos Kit (2263)

Conversão de unidades (2130)

Cadastro de Prateleiras (1425)

Alocação de Produto em Prateleira

Relação de itens por prateleira (1226)

Anterior Cadastro de Código Alternativo
Próxima Cadastro de Fornecedor (2622)
Sumário