Sistema de gestão: como escolher o ideal para a loja de pneus?

Tempo de leitura: 4 minutos
sistema de gestão

Saber escolher um sistema de gestão é essencial para o sucesso de uma loja de pneus. A escolha errada da ferramenta não só pode limitar ou atrasar o potencial da equipe que trabalha e atende o setor agro, como também representa perda de inovação e investimento. 

Neste artigo, vamos explorar os pontos que precisam ser considerados ao selecionar um sistema de gestão para a loja de pneus, garantindo que você, gestor, faça a escolha certa. Esperamos que goste. Boa leitura!

Mas, antes, o que é um sistema de gestão?

O sistema de gestão, também conhecido como ERP, nada mais é do que uma ferramenta que integra diferentes setores de uma empresa. Essa integração garante que todas as pessoas, processos e informações fiquem concentradas em um só lugar, proporcionando uma visão holística e real sobre todo o negócio.

Na loja de pneus agrícolas, um software de gestão pode otimizar atividades, como: 

  • Controle de estoque;
  • Faturamento;
  • Vendas;
  • Compras;
  • Atendimento ao produtor rural, entre outras funções. 

O sistema de gestão ERP é uma ferramenta que também permite acessar dados e relatórios sobre toda a movimentação do negócio, em tempo real, o que contribui para gestores identificarem gargalos, oportunidades de crescimento, tendências e até tomar decisões estratégicas embasadas. 

Como escolher um sistema de gestão ERP para a loja de pneus

Devido à alta quantidade de softwares disponíveis no mercado, é natural que os gestores fiquem com dúvidas sobre qual sistema de gestão escolher. Afinal, todos parecem ter a mesma finalidade.

Existem, no entanto, alguns procedimentos simples que podem ser adotados pelo gestor da loja de pneus agrícolas para facilitar a escolha, e ajudá-lo a tomar uma boa decisão. 

Abaixo, veja quais são esses procedimentos:  

1- Identifique as necessidades e prioridades da loja

Antes de iniciar a busca pelo sistema de gestão ideal, é importante identificar todas as necessidades e prioridades da sua empresa agro. Quais processos e operações você deseja otimizar? Quais gargalos a sua loja de pneus está enfrentando atualmente? Quais ferramentas você já utiliza e pretende integrar ao software? 

Faça uma lista detalhada do que é mais importante para a sua empresa no momento e defina os requisitos básicos que você espera do sistema.

2- Avalie a usabilidade e interface da ferramenta

A equipe da sua loja precisará interagir com o sistema diariamente, portanto, é necessário que ele seja fácil de usar e tenha uma interface fluida e intuitiva. Uma ferramenta amigável e simples reduzirá a curva de aprendizado e ajudará a aumentar a eficiência operacional de todos os colaboradores. Já uma solução complexa e confusa pode atrasar a adaptação do time e impactar o seu desempenho.

3- Verifique a possibilidade de integração com outros softwares

Vivemos em uma era onde tudo é digital e está praticamente interligado. Assim sendo, verifique ainda a possibilidade de integrar o sistema de gestão ERP com outros softwares e serviços da sua loja, a fim de criar um ecossistema único e otimizar as operações. Essas integrações podem incluir, por exemplo, sistemas de automação, plataformas de e-commerce, CRM e outras ferramentas relevantes.

4- Certifique que a tecnologia possui os recursos necessários

Tenha certeza de que a ferramenta também entrega recursos que facilitam a operação da sua loja, como é o caso do controle de pneus por código de barras, gestão de medidas e especificações, registro de histórico de pedidos dos clientes, entre outros. Ter essas funcionalidades ajudará a sua empresa a se tornar mais ágil, melhorando a experiência do produtor rural.

5- Assegure que o sistema oferece suporte e atualizações

Como se trata de uma tecnologia, é natural que apareçam dúvidas ou problemas no uso da solução. É essencial, portanto, ter acesso a uma boa equipe de suporte, capacitada e responsiva, para ajudar a solucionar quaisquer imprevistos que possam surgir com o sistema. 

Além disso, é importante que você também avalie a frequência das atualizações do software para garantir que a solução esteja sempre atualizada e protegida.

6- Verifique todos os recursos de segurança

Além de avaliar a usabilidade do software, verificar a possibilidade de integração, conferir as funcionalidades e validar o suporte técnico e as atualizações, é importante que você também analise todos os recursos de segurança entregues pela tecnologia. Criptografia, backups, controle de acessos, enfim. Seja o mais criterioso possível para assegurar que o software é realmente seguro e proporciona o máximo de proteção. 

A confidencialidade e a integridade das informações são pontos fundamentais para estabelecer confiança, desenvolver um relacionamento sólido com o cliente rural e garantir a conformidade com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

7- Avalie o custo-benefício

Outra etapa importante está relacionada ao custo-benefício. Considere não apenas o preço inicial pago pela ferramenta, mas também todos os gastos mensais com manutenção, atualizações e possíveis taxas. O total investido precisa estar alinhado com os benefícios e as funcionalidades entregues pela tecnologia, do contrário o investimento pode não ser tão interessante e representar prejuízos no futuro.

Uma vez que você, gestor, considerar todos esses pontos, você estará preparado para escolher o sistema de gestão ERP ideal. Vale frisar, no entanto, que cada modelo de negócio é único e no caso da loja de pneus agrícolas não é diferente. Assim, priorize uma solução que atenda aos pré-requisitos definidos pela sua loja, e que seja confiável. 

O ERP Solution, por exemplo, é uma tecnologia que permite à sua empresa escolher o que quer e vai usar. Você pode adicionar módulos no momento da contratação, se quiser, ou ir acrescentando outros módulos para atender necessidades novas da sua loja de pneus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *